quarta-feira, 9 de junho de 2010

Arrefecimento Espiritual



Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. (Efésios 6:12-13)


Oi, gente! Quanto tempo! Perdoem-me o fato de ter deixado o blog "às moscas", não foi intencional...

Nos últimos dias, envolvida com algumas situações desgastantes, tenho experimentado um certo arrefecimento, e o pior, um arrefecimento espiritual.

Percebi que o que me trazia empolgação antes, como o blog, por exemplo, já não era mais importante, até mesmo uma simples ida à igreja, pra mim, já estava se tornando obrigatoriedade. Da mesma forma, notei que minhas atividades cotidianas, até mesmo meus relacionamentos pessoais já não me traziam tanta satisfação como outrora. Até aí tudo bem, quem nunca se sentiu assim?

O problema é que, aos poucos, minha vida espiritual também perderia o ritmo acelerado, afinal, é o espiritual que direciona todas as áreas da nossa vida. Assim, percebi que o inimigo estava tentando incessantemente me ocasionar um "arrefecimento espiritual"...

É nesses momentos que muitas pessoas são atingidas pelo pessimismo, desânimo, tristeza, angústia, temor, depressão e, principalmente, a falta de fé.

O arrefecimento espiritual é o princípio da nossa morte espiritual e, consequentemente, da morte de toda e qualquer esperança.

No entanto, decidi que não vou aceitar essa investida. Se a guerra espiritual é constituída de várias batalhas, decido que nesta batalha, assim como nas outras, sairei mais que vencedora. 

Resolvi dizer não para o diabo. Não e não! Não aceito essa morte, pois tomo posse da vida de Jesus em mim!

A batalha exigi muito de nós, muitas vezes é dolorosa, mas o essencial é decidirmos receber a vitória que nosso Pai já determinou a nosso favor. Eu decidi e você?

“Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores por meio daquele que nos amou” (Romanos 8.37)

Mesmo não sendo fácil, acredite no que Deus te diz e não em suas dificuldades, decepções. A verdade na vida daqueles que seguem a Jesus é a que Ele designou a nosso respeito.

Incendeia-me, Senhor, com a Tua verdade a meu respeito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar no blog!