quarta-feira, 28 de abril de 2010

Não devemos nos conformar com este mundo


"Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito". (Romanos 12,2)

Gente, li uma matéria na internet e, apesar de ser bem simplória, achei importante reproduzi-la para exemplificar o cuidado que devemos ter com o que ouvimos. Eis, abaixo, o texto retirado do site www.msn.com.br :

Desde que terminou sua relação com Chris Brown, a cantora Rihanna quer que todo mundo saiba que está muito bem com sua vida sexual, sim senhor. O 'garoto bruto' de sua canção, deixa isso bem claro quando canta 'Come here Rude boy, boy / Can you get it up? / Come here / Rude boy, boy / Is you big enough? ('Venha aqui / Garoto bruto, garoto / Você consegue segurar? / Venha aqui / Garoto bruto, garoto / Você é grande o bastante?)





Guloseimas de açúcar são um dos eufemismos sexuais favoritos dos cantores.
Na música 'Candy Shop', o rapper propõe a uma garota que 'prove seu pirulito', além de brincar com sua 'varinha mágica'. Devem ser doces muito especiais, porque o 50 Cent ainda canta 'quebrou, pagou'. 'Eu vou te levar pra loja de doces / 'Vou deixar você lamber o pirulito / 'Vai fundo, garota, não pare /Continue até atingir o ponto (woah)




A música tem como tema uma 'vara disco', e não precisa pensar muito para adivinhar o que Lady Gaga estava pensando. É certo que esse 'stick' é algo que ela deseja.. 'I wanna take a ride on your disco stick / Eu quero montar na sua vara disco'




A 'nova' Britney Spears deixou para trás seus escândalos, mas podemos dizer que ela não ficou muito recatada...
Em 'If U Seek Amy', Spears usa um acrônimo, que emite o som parecido com 'fuck me'. De forma educada, a expressão seria traduzida como 'por favor, quero que você tenha relações comigo agora'.



Praticamente qualquer música do Aerosmith inclui referências sexuais. Nesta música de 1976 eles falam sem rodeios, sobre adolescentes 'com experiência', virgens que não são virgens em realidade, sexo oral, trios... Uma música bem perigosa!






Pioneiro do rock e inspiração para os Beatles, Chuck Berry foi número 1 no Reino Unido com a música 'My Ding-A-Ling', numa referência clara a 'sua
coisinha', expressão que usa na letra da música. O curioso é que o compositor
 Dave Bartholomew assegura que a letra da música fala sobre a luta pela igualdade racial.




Os fãs dos Beatles não entraram ainda em acordo sobre o significado desta música, que foi o segundo single do quarteto de Liverpool. Mas a tradução para o português deixa poucas dúvidas: 'Venha (venha), Venha(venha), Me agrade, me agrade oh yeah, como eu agrado você.'





Tudo bem que, para a maioria  dos cristãos verdadeiros, a existênciade mensagens subliminares não é nenhuma novidade. Assim sendo, meu intento aqui não foi o de fazer uma apreciação crítica sobre o assunto (já que o mesmo ainda precisa ser muito discutido), só quis chamar a atenção para o fato de que tudo neste mundo se origina de uma intenção e objetivo. Por isso, em se tratando especificamente de música, nós, que pretendemos seguir os princípios cristãos, devemos nos atentar para o fato de que as canções foram criadas como instrumento de louvor, dessa forma, o destinatário pode ser tanto Deus como o diabo.

Não é porque o mundo aceita tais atitudes que nós devemos incorporá-las no nosso dia a dia. Se quisermos nos purificarmos devemos fugir da aparência do mal, isso inclui também determinadas companhias, programações de tv, leituras indevidas, etc, como diz na palavra: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma." ( I Coríntios 6:12)

Que possamos ficar atentos com o que nos alimentamos, sendo esses alimentos materiais, espirituais, visualis ou sonoros.

Um comentário:

Obrigada por comentar no blog!