terça-feira, 6 de abril de 2010

Ainda sobre o número sete...


Oi, Gente! Sumi por uns dias, mas já estou de volta.

Amei a surpresa do Fred que, com total boa vontade, demonstrou que os seus frutos estão se multiplicando e, creio eu, que são grandes esses frutos aqui no blog.
Não há como não ver o agir de Deus nas pequenas coisas de nossas vidas. Um cuidado tão simples e tão perfeito do Pai, ao tocar no Fred para cumprir o propósito inicial deste blog, sete posts mensais.

Como o próprio Fred explicou, quando fiz o blog e comecei a escrever, minha intenção era apenas escrever acerca do meu relacionamento com o Pai, uma vez que, através desse relacionamento, tenho amadurecido e aprendido muito em todas as áreas da minha vida, além, é claro, de me alegrar por sentir um amor e uma paz que excede todo o entendimento. Dessa forma, com o passar dos meses, pude notar que havia algo diferente no blog. Me chamou a atenção o fato de eu sempre escrever 7 postagens mensais, sem plano algum de fazer isso. Assim, percebi a direção de Deus e, a partir daquele momento, ficou instituído que sempre haveria as sete postagens e que o Fred teria, pelo menos, uma mensagem mensal. Quem disse que Engenheiro não se dá bem com as Letras? Aqui, temos um caso de entrosamento total. rs

Complementando a importância do sete, descrito pelo Fred, gostaria de enfatizar o significado desse número de acordo com a bíblia, afinal, a bíblia é o livro base deste blog. É a palavra de Deus que nos direciona e nos ensina.

Na Bíblia, o sete é predominante :


  • O Grande Arquiteto do Universo completou em seis dias Sua obra da criação, e descansou no sétimo .

  • Jesus disse que quando Satanás sai do coração do homem, e os frutos do Espírito não o povoa, ele volta e traz sete espíritos piores. Mat. 12:45.

  • Sete foram os pãezinhos que Jesus multiplicou para dar comida à uma multidão, e ainda sobraram sete cestos cheios (Mat. 15:34-37).

  • Pedro desejava saber o limite do perdão. Sete vezes? perguntou a Jesus! Não até sete, mas até setenta vezes sete, respondeu Jesus. Mat. 18:21 e 22.

  • Sete homens foram escolhidos para serem diáconos e ajudar na Igreja Apostólica (Atos 6:3).

  • Sete nações foram destruídas por Israel até que se estabeleceu definitivamente na Terra Prometida (Atos 13:19).

  • Sete dias era o prazo para a purificação do templo (Atos 21:27).

  • Sete pessoas foram as únicas que se salvaram juntamente com Noé, das águas do dilúvio. II Ped. 2:5.

  • Quando Miriam ficou leprosa foi afastada dos demais por sete dias (Êxodo 12:15) “Assim, Miriã esteve fechada fora do arraial sete dias, e o povo não partiu, até que recolheram a Miriã.

  • Quando um leproso sarava de sua lepra o sacerdote espargia azeite sete vezes perante o Senhor, isso fazia parte do ritual da cura da lepra (Levítico 14:16) “Então, o sacerdote molhará o seu dedo direito no azeite que está na sua mão esquerda e daquele azeite, com o seu dedo, espargirá sete vezes perante o SENHOR”.

  • Para o Tabernáculo Deus ordenara que fizessem um Castiçal com sete canas uma central e três de cada lado assim teria também sete lâmpadas para iluminar o lugar santo, (Êxodo 25:32 e 37) “E dos seus lados sairão seis canas: três canas do castiçal de um lado dele e três canas do castiçal do outro lado dele. (...) Também lhe farás sete lâmpadas, as quais se acenderão para alumiar defronte dele”.

  • Na tomada de Jericó sete sacerdotes com suas businas e os homens de guerra rodeavam rodearam a cidade uma vez durante seis dias e no sétimo dia rodearam-na sete vezes e na sétima vez os sacerdotes tocaram as sete businas, o povo gritou e o muro veio abaixo (Josué 6:4 e 5) “E sete sacerdotes levarão sete buzinas de chifre de carneiro diante da arca, e no sétimo dia rodeareis a cidade sete vezes; e os sacerdotes tocarão as buzinas. E será que, tocando-se longamente a buzina de chifre de carneiro, ouvindo vós o sonido da buzina, todo o povo gritará com grande grita; e o muro da cidade cairá abaixo, e o povo subirá nele, cada qual em frente de si”.

  • Certa feita o Profeta Elias reclamou a Deus conforme está escrito em (Romanos 11:3 e 4) “Senhor, mataram os teus profetas e derribaram os teus altares; e só eu fiquei, e buscam a minha alma? Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil varões, que não dobraram os joelhos diante de Baal”.

  • O Profeta Eliseu mandou o sírio Naamam que era leproso mergulhar sete vezes no rio Jordão, (2 Reis 5:10 e 14) “Então, Eliseu lhe mandou um mensageiro, dizendo: Vai, e lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne te tornará, e ficarás purificado. (...) Então, desceu e mergulhou no Jordão sete vezes, conforme a palavra do homem de Deus; e a sua carne tornou, como a carne de um menino, e ficou purificado”.

  • No Novo Testamento Jesus ordenou a João que escrevesse às sete Igrejas da Ásia, (Apocalipse 1:11) (...) “O que vês, escreve-o num livro e envia-o às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso, e a Esmirna, e a Pérgamo, e a Tiatira, e a Sardes, e a Filadélfia, e a Laodicéia”.

  • Ele Jesus, estava entre sete castiçais, (Apocalipse 1:12 e 13) “E virei-me para ver quem falava comigo. E, virando-me, vi sete castiçais de ouro; e, no meio dos sete castiçais, um semelhante ao Filho do Homem, vestido até aos pés de uma veste comprida e cingido pelo peito com um cinto de ouro”.

  • Encontramos o Livro de Deus selado com sete selos, (Apocalipse 5:1) “E vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro e por fora, selado com sete selos”. Ainda em Apocalipse sete anjos com sete trombetas Juízos de Deus, (Apocalipse 8:2) “E vi os sete anjos que estavam diante de Deus, e foram-lhes dadas sete trombetas”.

  • Sete taças da ira de Deus serão derramadas sobre a terra, (Apocalipse 16:1) “E ouvi, vinda do templo, uma grande voz, que dizia aos sete anjos: Ide e derramai sobre a terra as sete taças da ira de Deus”.
Poderia, ainda, citar muitos outros exemplos, mas creio que já selecionei uma quantidade mais que necessária.

Os propósitos de Deus são sempre perfeitos e sempre maiores que os nossos. Creia que Ele cuida de você em todos os detalhes e que nada em sua vida é em vão. Tudo tem uma importância, um dizer, uma direção do Altíssimo, só nos basta aceitar que Ele seja nosso guia 24 horas por dia, 7 dias da semana e em todas as àreas do nosso viver.
Obrigada pela Teus propósitos, Jesus, são eles que eu quero viver!

3 comentários:

Obrigada por comentar no blog!