quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Sim, o diabo existe!



Como caíste desde o céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. (Isaías 14:12-14)

Ao contrário do que muitos pensam e condizente com que tantos outros acreditam: Sim, o diabo existe!
E conforme é descrito na bíblia, ele foi criado por Deus, mas um dia quis ser maior que o criador...

Eu sempre acreditei em Deus, fora uma época em que tive um acesso de incredulidade, mas nada muito duradouro. Sempre também acreditei que o diabo existisse, só nutria um medinho e, para não ficar horrorizada, seguia minha vidinha achando que se eu somente acreditasse em Deus estaria segura. Hoje sei que as coisas não são exatamente assim...

O que me impressiona é saber que pessoas crêem em Deus, mas não acreditam que satanás existe, simplesmente ignoram o seu poder. Sei que muitos não dão valor devido ao diabo, outros tantos valorizam demais essa criatura "horrenda". Afinal, como devemos tratá-lo?

Primeiro, devemos saber qual é a posição dele em nossas vidas. Andamos com ele ou somos seus inimigos?

"Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto. Nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus." (II Coríntios 4:3-4)

O diabo é uma criatura, um ser espiritual que pertencia à ordem dos querubins, sendo o mais importante entre os anjos. Mas depois do seu pecado, ele se manifestou como homicida: "Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele." (Jo 8.44); mentiroso: "Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira." (Jo 8.44);  pecador costumaz: "Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo." (1ºJo 3.8); acusador: " (...) porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite." (Ap 12.10).
Quando aceitamos a mentira do próprio diabo e acreditamos que ele não existe, passamos também a não crer que o pecado existe e, consequentemente, aceitamos o pecado, aceitamos o estilo de vida fora da palavra de Deus, achamos que tais coisas não tem nada a ver, entretanto, Deus disse: "Quem comete o pecado é do diabo". ( 1ºJo 3.8). 

"Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar." (1º Pedro 5:8)

Contudo, se formos verdadeiramente filhos de Deus, crucificarmos a carne por amor e tivermos uma comunhão com o nosso Pai celestial, não aceitaremos seus enganos "sutis" e o teremos como adversário, mas como um adversário derrotado, uma vez que a sua sentença já está selada, não se esqueçam!

"E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre." (Apocalipse 20:10)

O nosso Deus é maior e muitíssimo mais poderoso que o inimigo (satanás), porém, Ele mesmo já nos advertiu que devemos guerrear contra o anjo decaído até chegar o momento do seu castigo final, onde todos os demônios, juntamente com todos os homens que compactuaram com ele queimarão eternamente no inferno. Para estarmos a salvo do diabo devemos ter uma vida íntima com Deus, lutando contra o pecado, pois só assim poderemos nos revestir da sua armadura espiritual que Ele nos deu.

"Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo". (Efésios 6:10)

Se temos o capeta como nosso inimigo não devemos temê-lo, mesmo que ele nos afronte, afinal, é essa a sua função, tentar nos fazer desistir de seguir a Deus para que sejamos condenados junto com ele. Ele é uma criatura perspicaz, mas, apesar do poder que lhe foi dado para reinar na Terra, não é onisciente, antes é finito e a sua ação pode ser resistida: "sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." ( Tg 4.7)
O mais maravilhoso é que o nosso Deus impõe limite a ele: "E disse o SENHOR a Satanás: Eis que tudo quanto ele tem está na tua mão; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do SENHOR." ( Jó 1.12)

Como a palavra nos comprova, não dá para fingirmos que não há um ser maquiavélico por aí, pois ele veio para matar, roubar e destruir (João 10:10).

Por mais difícil que seja, não devemos nos render. Somos mais que vencedores em Cristo Jesus!

De que lado você está?

Obrigada, Jesus porque Tu já me deste poder para pisar em serpentes e escorpiões. Sou mais que vencedora em Ti!

"Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum." (Lucas 10:19)

Um comentário:

  1. Muitas pessoas realmente pensam que o diabo nao existe, criam varias teorias para explicar o mal, preferem acreditar em diversas outras coisas menos na existencia dele, eu mesmo ja pensei nele como uma falta de Deus e nao na sua existencia, mas hj compreendo melhor, e espero que todos possam ver tbm.

    Pois se acreditamos em Deus, e Ele mesmo nos diz que o diabo existe, pq algumas vezes teimamos em nao acreditar?

    O diabo existe sim, e devemos o reconhecermos como nosso inimigo, estarmos sempre atentos para nao sermos enganados (ate pq ele é o pai da mentira, e quando ocultamos a existencia do diabo estamos dando mais força para ele).

    Mas termos sempre Deus em nossas vidas, pois com Ele como aliado, temos a certeza de vitoria sempre.

    otimo resto de semana a todos,

    Frederico Melo

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar no blog!