sábado, 12 de setembro de 2009

Às vezes não há palavras...


"Clame a mim e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que ainda tu não sabes" (Jeremias 33.3)


Há momentos em que é tão difícil orar, falar com Deus. Simplesmente parece que já não há mais nada pra dizer...

Mas, como pode não existir mais palavras se o coração está cheio de interrogações, se nos olhos há ainda muita lágrima para brotar???

Dias difíceis!!!

Para todo mundo você é o mesmo. Você ainda mantém o sorriso nos lábios, as brincadeiras constantes, no entanto, lá dentro, bem fundo, no profundo, há algo que incomoda e dói. Porém, cadê as palavras???

Palavras, palavras...

Nessas horas, só nos resta clamar pela misericórdia divina e pedir: "Senhor, sonda-me e conhece-me, enxugue as lágrimas que ainda estão em meu coração. Cura essa dor, que não sei como, insiste em roubar minha paz, a paz que o Senhor mesmo me deu."

Eh! Quando não há palavras, só nos resta orar...

Mas não está difícil orar? Sim! Contudo, a oração agora muda, ela deixa de ser algo automático, pois sai do fundo da alma, com a pouca força que ainda nos resta...

Falamos também através das lágrimas, que são palavras que só Deus pode interpretar.


Te amo, Senhor! Ainda com a minha pouca força, somente em Ti busco meu socorro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por suas palavras!
Esteja à vontade para compartilhar a verdade do nosso Jesus.